Resenha| Agnes Grey

8192kbg0u2l-732x1024

Título: Agnes Grey

Autora: Anne Bronte

Editora: Martin Claret

Livro único

nº de pgs: 288

Sinopse: Publicado em 1850, Agnes Grey de Anne Brontë ultrapassa a Era Vitoriana com sua temática realista. A caçula da família Brontë não fica atrás de suas outras irmãs escritoras, Charlotte e Emily, ao criar uma protagonista disposta a enfrentar as convenções sociais da época e se firmar como uma mulher corajosa e dona de si. 
O trabalho de Anne Brontë, foi julgado insípido comparado ao de suas irmãs Charlotte e Emily, de fato é diferente do trabalho delas. Em Agnes Grey, Anne Brontë evita fortes paixões em favor de um retrato contido da vida real. A frase de abertura: Todas as verdadeiras histórias contêm instruções, sugere tanto o seu objetivo como o seu método: a demonstração, através do realismo, do crescimento espiritual e moral da heroína. 
Inspirada fortemente em suas próprias experiências, Brontë, convincente, apresenta a vida da governanta e os fatores que muitas vezes a fez insuportável. Ela cria para sua heroína e herói pessoas comuns que lutam em situações reais e difíceis, 
O tema subjacente, que as mulheres são seres racionais que devem ter os meios e oportunidades para sua independência e satisfação, se expressa principalmente na história de vida de Agnes. Procurando emprego, Agnes aceita a única ocupação disponível para mulheres de classe média, e ela embarca em sua carreira como governanta empolgada com a perspectiva não apenas de ganhar dinheiro, mas também de ampliar seus horizontes. 
Seu otimismo animado, no entanto, é ingênuo, com base na ignorância do mundo. O romance diz respeito a sua educação e crescimento para a maturidade. Apesar de seus fracassos como governanta, ela persevera, determinada a adotar uma abordagem lógica e racional para seus acusadores. Ela amplia sua compreensão da natureza humana, faz astutas avaliações de caráter e aprende a penetrar na hipocrisia. Embora ela sofra muitas humilhações, ela ganha autoconfiança, e em certos pontos, ela desafia abertamente a autoridade. 
Leitura imperdível para os apaixonados pelas outras irmãs Brontë e pela produção literária inglesa.

Um romance vitoriano bem diferente.

Continuar lendo

Anúncios

Resenha| A Melodia Feroz

1625e6988432f34b937022c456b94ab2

Título: A Melodia Feroz

Autora: V.E. Schwab

Editora: Seguinte

Série: Monstros da Violência – 01

nº de pgs: 368

Sinopse: Kate Harker e August Flynn vivem em lados opostos de uma cidade dividida entre Norte e Sul, onde a violência começou a gerar monstros de verdade. Eles são filhos dos líderes desses territórios inimigos e seus objetivos não poderiam ser mais diferentes. Kate sonha em ser tão cruel e impiedosa quanto o pai, que deixa os monstros livres e vende proteção aos humanos. August também quer ser como seu pai: um homem bondoso que defende os inocentes. O problema é que ele é um dos monstros, capaz de roubar a alma das vítimas com apenas uma nota musical. Quando Kate volta à cidade depois de um longo período, August recebe a missão de ficar de olho nela, disfarçado de um garoto comum. Não vai ser fácil para ele esconder sua verdadeira identidade, ainda mais quando uma revolução entre os monstros está prestes a eclodir, obrigando os dois a se unir para conseguir sobreviver.

Distopia? Fantasia Urbana? Jovem Adulto? Eu não sei bem como classificar esse livro, eu só sei que gostei demais!

Continuar lendo

Resenha| Os Mistérios de Sir Richard

9788580416688

Título: Os Mistérios de Sir Richard

Autora: Julia Quinn

Editora: Arqueiro

Série: Smythe-Smith 04

n de pgs: 272

Sinopse: Sir Richard Kenworthy tem menos de um mês para encontrar uma esposa.
Ele sabe que não pode ser muito exigente, mas quando vê Iris Smythe-Smith se escondendo atrás de seu violoncelo no musical anual das Smythe-Smith, Richard acha que conheceu alguém muito valiosa.
Ela é o tipo de mulher que passa despercebida até a realização de um segundo ou terceiro olhar de outra forma. Mas há algo nela abaixo da superfície, algo quente e ele sabe que ela é única. Iris Smythe-Smith…Ela está acostumada a ser subestimada, com seu cabelo claro e tranquila, mas há uma personalidade astuta que ela tende a esconder, e ela gosta dessa forma. Então, quando Richard Kenworthy se aproxima com galanteios e flertes, parece suspeito.
Dando a impressão de um homem que se rende ao amor, mas ela. não pode acreditar que tudo é verdade. Quando sua proposta de casamento se torna uma situação comprometedora obrigatória, você não pode deixar de pensar que há algo escondido por trás disso. . . mesmo que o seu coração diz sim.

Bora terminar essa série, porque a Arqueiro está lançando os livros da Julia Quinn como se o mundo fosse acabar amanhã!

Continuar lendo

Resenha| A Soma de Todos os Beijos

download

Título: A Soma de Todos os Beijos

Autora: Julia Quinn

Editora: Arqueiro

Série: Smythe – Smith 03

nº de pgs: 272

Sinopse: Lorde Hugh Prentice é um gênio da matemática e teve sua perna (e sua vida) arruinada por causa de um duelo com seu amigo, Daniel Smythe-Smith.
Nesse livro, conheceremos um pouco da história de Hugh, antes e depois do acontecido. Sua família, o desespero de seu pai para conseguir que um de seus filhos lhe desse um herdeiro, visto que um não é chegado à mulheres e o outro, provavelmente terá dificuldades em encontrar uma esposa, e principalmente em ter filhos.
E, claro, sua relação de amor e ódio com Sarah Pleinsworth, prima mais velha de Daniel, que mesmo antes de conhecê-lo, já odiava Hugh por ter arruinado sua família através desse duelo.
Mas, as coisas começam a mudar quando Honoria, sua prima, pede para Hugh substituir seu padrinho no casamento e para Sarah ser sua acompanhante durante sua estadia, para que ele ficasse mais confortável diante dos familiares de Daniel. E esse tempo se prolonga, já que Daniel se casará duas semanas depois da irmã e resolve torná-los uma única festa…
É claro que eles não se dão no início, mas com o tempo, ainda mais depois do primeiro casamento, quando ela fica impossibilitada de andar, eles deixam as diferenças de lado e começam a se conhecer realmente, e, o que era ódio, acaba se tornando uma paixão avassaladora.
Mas as limitações de Hugh vão ser apenas um dos problemas que o casal enfrentará pelo caminho…

Quando Julia Quinn apresenta um dos personagens mais odiosos que já conheci. E olha que conheço Jeoffrey Baratheon e Ramsey Bolton Snow.

Continuar lendo

Resenha| Em Algum Lugar nas Estrelas

capa-algum-lugar-nas-estrelas-darksidebooks

Título: Em Algum Lugar nas Estrelas

Autora: Clare Vanderpool

Editora: DarkSide

Livro único

nº de pgs: 288

Sinopse: EM ALGUM LUGAR NAS ESTRELAS é um romance intenso sobre a difícil arte de crescer em um mundo que nem sempre parece satisfeito com a nossa presença. Pelo menos é desse jeito que as coisas têm acontecido para Jack Baker. A Segunda Guerra Mundial estava no fim, mas ele não tinha motivos para comemorar. Sua mãe morreu e seu pai… bem, seu pai nunca demonstrou se preocupar muito com o filho. Jack é então levado para um internato no Maine. O colégio militar, o oceano que ele nunca tinha visto, a indiferença dos outros alunos: tudo aquilo faz Jack se sentir pequeno. Até ele conhecer o enigmático Early Auden.

Obsessivo, Early Auden tem regras específicas sobre que músicas deve ouvir em cada dia da semana: Louis Armstrong às segundas; Sinatra às quartas; Glenn Miller às sextas; Mozart aos domingos e Billie Holiday sempre que estiver chovendo. Seu comportamento é um dos muitos indícios da síndrome de Asperger, uma forma branda de autismo que só seria descoberta muito tempo depois da Segunda Guerra, e que inspirou personagens já clássicos como o Sr. Spock (Star Trek), o Dr. House e Sheldon Cooper (The Big Bang Theory).

Quando chegam as festas de fim de ano, a escola fica vazia. Todos os alunos voltam paracasa, para celebrar com suas famílias. Todos, menos Jack e Early. Os dois aproveitam a solidão involuntária e partem em uma jornada ao encontro do lendário Urso Apalache. Nessa grande aventura, vão encontrar piratas, seres fantásticos e até, quem sabe, uma maneira de trazer os mortos de volta ainda que talvez do que Jack mais precise seja aprender a deixá-los em paz.

EM ALGUM LUGAR NAS ESTRELAS é uma daquelas grandes histórias que permanecem com você por muito tempo, perfeita para ler entre amigos ou passar de pai para filho. Tudo que é real pode ser uma grande fantasia ou uma coincidência inevitável. Somos muito mais que um simples desejo do acaso. Nossos caminhos vão se cruzar no primeiro semestre de 2016 nesta obra premiada com o Printz Honow Award em 2016, indicada a outra dezena de prêmios e eleita o livro do ano em dezenas de listas preparadas pelos leitores.

Esse livro é uma fofura, mas de verdade, fiquei surpresa por ele ser querido por tanta gente.

Continuar lendo

Resenha| Eliza and her Monsters

31931690

Título: Eliza and her Monsters

Autora: Fransesca Zappia

Editora: Greenwillow Books

Livro único

nº de pgs: 400

Sinopse: No mundo real, Eliza Mirk é tímida, estranha, inteligente e sem amigos. Online, Eliza é LadyConstellation, a criadora anônima da popular webcomic chamada Monstrous Sea. Com milhões de seguidores e fãs ao redor do mundo, a persona de Eliza é popular. Eliza não consegue se imaginar gostando do mundo real tanto quanto ela adora sua comunidade digital. Então, Wallace Warland se transfere para a escola dela e Eliza começa a se perguntar se uma vida offline pode valer a pena. Mas quando o segredo de Eliza é acidentalmente compartilhado com o mundo, tudo que ela construiu—sua história, seu relacionamento com Wallace, e inclusive sua sanidade—começa a desmoronar. Tanto com páginas da webcomic de Eliza, tanto quanto screenshots dos foruns online, esse livro de formato único irá interessar fãs de Nimona de Noelle Stevenson e Fangirl de Rainbow Rowell. (Tradução Livre).

Eu não amei esse livro como aparentemente 99% das resenhas que vi sobre ele amaram, mas isso não quer dizer que eu não tenha gostado e percebido vários dos seus pontos positivos. Deixa eu falar melhor disso.

Continuar lendo

Resenha| O Canto Mais Escuro da Floresta

o2bcanto2bmais2bescuro2bda2bfloresta2bholly2bblack2beditora2bgalera

Título: O Canto Mais Escuro da Floresta

Autora: Holly Black

Editora: Galera Record

Livro Único

nº de pgs: 294

Sinopse: Hazel e seu irmão, Ben, moram em uma cidade onde humanos e fadas convivem. A magia aparentemente inofensiva desses seres atrai turistas de todas as partes, que querem ver de perto as maravilhas do lugar e, principalmente, o garoto de chifres e orelhas pontudas que descansa em um caixão de vidro. Hazel e Ben eram fascinados pelo garoto quando crianças. Mas, à medida que crescem, as histórias e teorias que inventavam perdem o encanto. Eles sabem que o garoto de chifres nunca acordará… Até que um dia ele acorda. Agora, os irmãos precisam se tornar os heróis que fingiam ser em suas brincadeiras e desvendar os mistérios que envolvem aquele príncipe com chifres.

“Há um monstro em nossa floresta.

E ela irá te pegar se você não se comportar.

Irá te arrastar por folhas e galhos.

Te castigar por todos os malhos.

Partidos teus ossos e cortadas suas asas.

Você nunca, nunca mais voltará para…”    Não termine esse versinho.

Continuar lendo

Resenha| A Caverna de Cristal

931428

Título: A Caverna de Cristal 

Autora: Mary Stewart

Editora: Hunter Books

Série: Trilogia de Merlin – 01

nº de pgs: 464

Sinopse: Perfeito para os amantes da literatura fantástica, este livro traz a saga do lendário Merlin – o maior mago de todos os tempos em uma narrativa autobiográfica envolvente e muito emocionante.
Mary Stewart, de forma brilhante, dá voz ao mito e, através das palavras do próprio mago, podemos entrar em contato direto com esse personagem e reviver a célebre história em uma verdadeira viagem no tempo.
Aqui, acompanharemos toda a trajetória de Merlin, do menino bastardo e desprezado, acusado de ser filho do demônio, ao mago engenhoso que se tornaria o arquiteto-mor da Bretanha unida e guardião do rei Arthur.

Myrddin Ermys, ou Merlin, como mais tarde ficaria conhecido, era o neto bastardo de um rei bretão e passou boa parte de sua infância desconhecendo sua verdadeira história. Filho da princesa Niniane, teve a identidade de seu pai guardada a sete chaves por sua mãe que, para proteger o filho, fez com que todos acreditassem que o menino seria filho de um demônio que a havia seduzido sob forma humana, o que lhe rendeu a alcunha de príncipe das trevas e trouxe muita dificuldade para sua vida.
Merlin era uma criança diferente das outras, calado e com interesses diferentes das outras crianças, o que o reforçava a crença de íncubo e aumentava o temor de todos, o afastando cada vez mais do convívio das pessoas.
Com o tempo, o menino começaria a se aventurar além dos muros do palácio onde vivia, até o dia que encontra o lugar onde a grande mudança de sua vida teria início. Merlin chega a caverna de cristal e conhece Galapas, um velho eremita que se tornaria seu grande mestre e o ajudaria a entender e desenvolver o dom da visão, que ele já possuía.
Com a morte de seu avô, o rei, seu tio Camlach, vendo nele uma ameaça aos seus planos de reinado, decide matá-lo. Pressentindo o perigo, Merlin decide fugir e dá início a viagem que o levaria de encontro com seu passado desconhecido e o mudaria não só o seu destino, mas o destino de muitos.

Eu ouvi “Merlin”?

Continuar lendo

Resenha| Winter

winter

Título: Winter

Autora: Marissa Meyer

Editora: Rocco

Série: Crônicas Lunares – 04

nº de pgs: 688

Sinopse: Bestseller do The New York Times, a série Crônicas Lunares conquistou os leitores com sua releitura high-tech de contos de fadas tradicionais. Depois de Cinder, Scarlet e Cress, inspirados, respectivamente, nas histórias de Cinderela, Chapeuzinho Vermelho e Rapunzel, Marissa Meyer entrega a eles o último capítulo da série, em que reconta a história de Branca de Neve com tintas distópicas. Na trama, a princesa Winter vive subjugada por sua madrasta, Levana, que inveja sua beleza e não aprova os sentimentos da jovem pelo amigo de infância e belo guarda real Jacin. Mas Winter não é tão frágil quanto parece, e, junto com a ciborgue Cinder e seus aliados, a jovem princesa é capaz de ini¬ciar uma revolução e vencer uma guerra que já está em andamento há muito tempo. Será que Cinder, Scarlet, Cress e Winter podem derrotar Levana e encontrar seus finais felizes?

Eu enrolei muito para pegar esse livro, porque não queria acabar essa série que amo tanto e me despedir dos personagens. Mas o momento de lê-lo chegou e gente… que desfecho incrível! Por mim, só dizia isso e acabava a resenha aqui mesmo, mas vamos lá explicar melhor essa história.

~ Contém spoilers dos livros anteriores ~

Continuar lendo

Resenha| O Circo da Noite

o-circo-da-noite

Nome: O Circo da Noite

Autora: Erin Morngestern

Editora: Intrínseca

Livro único

nº de pgs: 365

Sinopse: Sob suas tendas listradas de preto e branco uma experiência única está prestes a ser revelada: um banquete para os sentidos, um lugar no qual é possível se perder em um Labirinto de Nuvens, vagar por um exuberante Jardim de Gelo, assistir maravilhado a uma contorcionista tatuada se dobrar até caber em uma pequena caixa de vidro ou deixar-se envolver pelos deliciosos aromas de caramelo e canela que pairam no ar.
Por trás de todos os truques e encantos, porém, uma feroz competição está em andamento: um duelo entre dois jovens mágicos, Celia e Marco, treinados desde a infância para participar de um duelo ao qual apenas um deles sobreviverá.
À medida que o circo viaja pelo mundo, as façanhas de magia ganham novos e fantásticos contornos. Celia e Marco, porém, encaram tudo como uma maravilhosa parceria. Inocentes, mergulham de cabeça num amor profundo, mágico e apaixonado, que faz as luzes cintilarem e o ambiente esquentar cada vez que suas mãos se tocam.
Mas o jogo tem que continuar, e o destino de todos os envolvidos, do extraordinário elenco circense à plateia, está, assim como os acrobatas acima deles, na corda bamba.

A leitura desse livro não é apenas para conhecer uma história, é uma verdadeira experiência.

Continuar lendo